30/06/2014

DIY: Sapateira em flor

Só de ouvir as palavras “jardim” e “vertical” já te dá um faniquito? Preguiça de pensar em como pregar todos aqueles vasinhos e esquematizar um sistema de drenagem, além de ter talento zero para jardinagem? Pois o jardim-sapateira pode ser a solução para dar um pouquinho de verde na sua casinha. Além de ocupar quase nada de espaço, vai embelezar aquela parede caidinha e ainda dar um toque irreverente ao seu lar. Olha só que graça:
monte-jardim-vertical-sapateira-07
E você só precisa de:
- Sapateira de náilon (vende na feira, na loja de 1,99, na 25 de Março…)
- Varão de 1,50 m com suportes
- Suculentas (aqui foram usadas nove mudas de espécies variadas)
- 1 kg de terra vegetal
- 1 kg de argila expandida
- Pá de jardinagem
Passo a passo:
monte-jardim-vertical-sapateira-01
Coloque o varão na parte superior da sapateira – veja que ela tem uma abertura apropriada para receber esse reforço.
monte-jardim-vertical-sapateira-02
Instale os suportes do varão na parede e pendure o acessório: é bem mais prático trabalhar com a peça já na vertical.
monte-jardim-vertical-sapateira-03
Escolha os bolsos que receberão as mudinhas e preencha cada um deles com cerca de cinco dedos de argila expandida.
monte-jardim-vertical-sapateira-04
Cubra a metade do espaço que sobrou em cada um dos bolsos com terra vegetal (enriquecida com adubo e nutrientes).
monte-jardim-vertical-sapateira-05
Plante as mudas de suculentas em seus respectivos lugares. Cuidado para não ferir as raízes durante esse processo.
monte-jardim-vertical-sapateira-06
Complete com terra a área em volta das plantas. Como o náilon é poroso, a água excedente escorrerá naturalmente após a rega.
Achei superbacana o efeito da sapateria coloridona com as suculentas verdinhas. Mas, de repente, dá para plantar umas calanchoes coloridinhas em uma sapateira mas sóbria, que tal?
BeiJUcas! ;*

27/06/2014

Dicas preciosas para quem mora pequeno

Pessoal, a Arquitetura e Construção deu prato cheio para os moradores de miniapês! Tem várias dicas bacanas e uma galeria de fotos super inspiradora. 
Aqui, um petisco das dicas mais bacanas:
guia miniape 2guia miniape 3guia miniape 4guia miniape 5guia miniape 6guia miniape 7guia miniape 8guia miniape 9guia miniape 10guia miniape 11guia miniape 12Gostou das dicas?
Tem mais aqui.

Quarto turbinado

Apenas amei!
Espaço multiplicado, otimizado, modernizado… viva a marcenaria inteligente!
quarto antes e depoisquarto antes e depois 2quarto antes e depois 3quarto antes e depois 4quarto antes e depois 5
E o toque final ficou por conta da pintura e do espelhão, que conseguiram abrir ainda mais espaço nesse quarto fofo.
Gostou também?
BeiJUcas! ;*

DIY: Vasinhos pendurados

Projetinho faça-você-mesmo fofura para aquele jardim vertical que cai tão bem em nossos queridos lares:
vasinhos pendurados
Você vai precisar de:
1- Uma corda (pode ser uma corda mais rústica, ou até mesmo uma corda de varal que esteja encostada aí na sua lavanderia) de aproximadamente 3 metros.
2 - 3 vasinhos de plástico (de preferência, com pratinho para drenagem interna, senão a água vai escorre pela parede e molhar o chão – eca!)
3 - Furador (se você não tiver essa ferramentinha da foto, vale furar com um prego e ir “alargando” até o diâmetro desejado com um estilete, faquinha ou tesoura- mas com cuidado!)
4 -Tesoura
5 -Fita métrica ou trena
6 - Fita adesivavasinhos pendurados 2
Mãos a obra:
vasinhos pendurados 3
1. faça os furinhos 2. passe a corda e dê nozinhos logo depois dos furos, para que a corda não “ande” 3. passe a corda pelos demais vasinhos (a distância entre um e outro você define, mas lembre de deixar as pontas soltas para baixo) 4. passe a fita nas pontas antes de cortar, para que não desfiem.
vasinhos pendurados 4
5. coloque as plantinhas nos vasinhos (se preferir, pode usar os baldinhos como cachepots, e apenas inserir os vasinhos já com as plantas).
vasinhos pendurados 8
6. dê os nós nas pontas para finalizar e pronto! agora é só pendurar!
Eu achei que fica puro charme. E já estou imaginando os vasinhos coloridos com suculentas dentro… ou vasinhos de cor neutra com florzinhas bem coloridas…
vasinhos pendurados 6
E aí, quem encara o desafio DIY?
BeiJUcas!

26/06/2014

Amanhã é sexta, hoje é Cesto


Você tá aí, olhando praquela parede besta, sem saber o que fazer. Meio do ano chegando, o siricutico pra deixar a casa linda aumentando... E eu trouxe aqui, uma ideia simples, pra dar um UP na sua decor. Cestos na parede. Assim, muitos, naturais ou coloridos.


Mas você pode perguntar "onde achar?" E eu te digo que vejo muito, em feirinhas e lojas de 1,99, e em viagens também.


Mas e os coloridões, que aparecem aqui e ali? Repara nesses lisos da foto, e me dá um hi-5 se não dá pra pegar um neutro e mandar ver no spray.



Eu gosto, eu curto, e tô pensando que tenho um jogo americano de palha ali bem pedindo um remake. E com aqueles ganchinhos da Command, nem preciso fazer da parede um queijo suiço...

Bora ali fazer?

BeiJUcas!

Mini apartamento de 33 m²

Pra você que reclama de espaço, dá uma olhada nesse mini-apartamento de 33 m² com soluções inteligentes para espaços pequenos.
QUARTO > caminha suspensa com closet embaixo (amo) com escrivaninha retrô. Sem falar na bay-window, ai, ai…
…mais bay-window e estante fofa com caixas de tecido.
SALA > sofá antiguinho, cores quentes!
COZINHA > pequenininha, mas cheia de armários e superintegrada à sala. Observem que em cada cantinho tem uma planta, uma florzinha. Faz toda a diferença.
BANHEIRO > é ou não é a síntese da fofura organizada? Olha as cestinhas!
Por último a planta:
O que acharam?
BeiJUcas!

25/06/2014

Quatro cozinhas pequenas e lindas

Da entrada da sala ao quintal, tudo é integrado no térreo do sobrado de 100 m². “Encaixada no meio dos dois espaços, fca a cozinha, na qual usei os mesmos acabamentos do estar”, conta a arquiteta Gabriela Arruda. Ela é a dona da casa, num charmoso condomínio da Granja Viana, distrito próximo a São Paulo, onde vive com o marido e os cães Cacau e Meg. No projeto, para reforçar a unidade visual entre as áreas, desenhou uma estante aberta de madeira no lugar de armários tradicionais e escolheu um piso contínuo de tacos de cumaru. “Gostamos de receber e nossos amigos podem se espalhar pelos ambientes.”
*** Matéria publicada em Casa Claudia #617 - Janeiro de 2013

Salvador Cordaro
01-quatro-cozinhas-pequenas-e-lindas
Pintada na cor Berinjela* (Suvinil), a escada emoldura a passagem entre a sala e a cozinha, de 7,50 m². A estante (Marcenaria Espaço Interno) tem laminado grafite e portas laqueadas de amarelo. Passadeira da Phenicia Concept.


Salvador Cordaro
02-quatro-cozinhas-pequenas-e-lindas
Um frontão de granito são gabriel, de 30 cm de altura, mesmo material da bancada da pia, protege a parede. A faixa de pintura na cor Amarelo Ômega* (Coral) faz o link visual com a estante.


Salvador Cordaro
03-quatro-cozinhas-pequenas-e-lindas
Na cozinha, detalhes charmosos como um pote com ervas frescas faz diferença


Carlos Campoy
04-quatro-cozinhas-pequenas-e-lindas
Planta da cozinha mostra medidas enxutas

Cinza e azul criam ar de território masculino
O casal Sheila Tozzi e Adriano Abreu chegou a um acordo sobre como decorar todos os ambientes do apartamento de 100 m², na Vila Madalena, em São Paulo. Ou quase todos. Na cozinha de 9,40 m², quem mandou foi mesmo Adriano, que curte usar o espaço nos fns de semana para preparar suas especialidades. “Desenhei um local com pegada masculina. Daí a escolha de revestimentos na cor grafte, que trazem um ar de galpão industrial”, diz o arquiteto Décio Navarro, autor do projeto. O morador, se quiser, pode até juntar uma plateia para ver seu show: a bancada se alarga na área do fogão para acomodar bem os convidados.

Salvador Cordaro
05-quatro-cozinhas-pequenas-e-lindas
Peça de família, o guarda-louças (à esquerda) inspirou o tom amadeirado dos armários suspensos (Marcenaria Bretas). O azul batizado de Turquesa Veneziana* (Coral) cobre a parede. Banqueta da Scandinavia Designs.
Salvador Cordaro
06-quatro-cozinhas-pequenas-e-lindas
O laminado dos armários inferiores imita aço escovado. No piso, porcelanato 90 x 90 cm (Studio Emme-due). Na cuba, torneira com filtro da Deca.
Salvador Cordaro
07-quatro-cozinhas-pequenas-e-lindas
Azulejos mexicanos de estilo Talavera são um achado do morador.
Carlos Campoy
08-quatro-cozinhas-pequenas-e-lindas
Planta mostra o formato triangular da bancada do fogão

Leve e acolhedora como a sala de estar
Quando conseguiu a autorização do proprietário do apartamento alugado, na Zona Sul carioca, para quebrar as paredes e integrar a cozinha, de 12 m², e um dos quartos ao estar, o empresário Diogo Castelão encomendou às designers de interiores Renata Fragelli e Allison Cerqueira um espaço descolado e colorido. “A ideia era criar algo com jeito de sala, até porque ele não costuma fazer as refeições em casa. O uso menos intenso da cozinha autoriza a escolha de materiais que escapam dos padrões”, diz Allison. Ao unir laca amarela e madeira de demolição, a mistura criada pela dupla chegou ao resultado que o morador queria.

Salvador Cordaro
09-quatro-cozinhas-pequenas-e-lindas


Salvador Cordaro
10-quatro-cozinhas-pequenas-e-lindas
Uma base de madeira apoia o futon de casal, na sala de TV, que ocupou o espaço de um antigo quarto. Na parte interna da bancada do fogão, as gavetas e portas ganharam puxadores da Trinca Ferro. Em dias de festa, o balcão de madeira de demolição se transforma em bar.


Salvador Cordaro
11-quatro-cozinhas-pequenas-e-lindas
Armários amarelos contrastam com a bancada de concoreto


Carlos Campoy
12-quatro-cozinhas-pequenas-e-lindas
Cozinha foi integrada a um quarto do apartamento

Base branca ilumina o espaço estreito
Acabamentos claros e pontos de cor no mobiliário são a receita de sucesso desta cozinha, de 8,45 m². “Essa combinação mantém o ambiente iluminado e sempre atual”, diz a arquiteta Cristina Bozian. Há dez anos, na reforma do espaço, ela serviu de consultora à amiga Roseli Moita Gonçalves, dona do apartamento de 140 m², em São Paulo. Às sugestões de Cristina, Roseli acrescentou seus itens de desejo: armários sob medida com todas as divisões necessárias para acomodar utensílios, eletrodomésticos e mantimentos. “Ficou um espaço prático e perfeito para mim, que gosto de cozinhar todos os dias”, garante a moradora.

Salvador Cordaro
13-quatro-cozinhas-pequenas-e-lindas
Os armários (Elgin) têm gavetões para guardar talheres do dia a dia, faqueiros e tampas diversas. As panelas ficam no módulo embaixo da pia, e as louças, no de cima. Fogão de embutir da Electrolux e coifa da Spicy.


Salvador Cordaro
14-quatro-cozinhas-pequenas-e-lindas
Encaixada sob a prateleira de acrílico, a mesa é usada no café da manhã. O armário do alto acomoda xícaras, jarras e utensílios de fondue. Bancos da Tidelli.


Salvador Cordaro
15-quatro-cozinhas-pequenas-e-lindas
Detalhe dos objetos decorativos na prateleira da cozinha


Carlos Campoy
16-quatro-cozinhas-pequenas-e-lindas
Distância entre geladeira, fogão e pia formam um triângulo. Mesa fica encostada na parede.